quinta-feira, 29 de maio de 2008

também me amo

Certo dia estava a escrever uma coisa em código PODES-TE CALAR? e de repente algo se passou na minha vida que a mudou por completo Sim, depois de tudo a minha mãe deixou de gostar de mim e voltei a frequentar as aulas da pré-primária OBRIGADINHA!, e foi assim que passei um belo momento.

8 comentários:

Anónimo disse...

que mal, tu nem respondeste, ficaste calado com medo que ele te batesse. ( nao sei se sabes mas ele ja mandou uma pedra a um arrumador de carros!! :O )

Anónimo disse...

desculpem mas nao percebi

Melancia disse...

ahahah nao sei se ria se chore. se eu fosse a ti punha-me a pau que o gá é mau.

C. Duque disse...

eh anónimo, primeiro identificas-te (ou tb estás com medo).
E eu respondi sim, se calhar não respondi aos gritos como ele perguntou, mas que respondi respondi, e respondi um SIM muito abafadinho pela estupidez humana que me envolvia.

Anónimo disse...

deixa te de tretas, eu tava ao teu lado e nao ouvi nada!

Anónimo disse...

e aposto que ainda nao sabes quem eu sou!

C. Duque disse...

estavas ao meu lado devias ser "a estupidez humana que me envolvia" t de merda.

"Adriano Fiqueiredo" disse...

Fogo, devias de ir pro exercito ensinar os gajos a falar em codigo.