segunda-feira, 4 de fevereiro de 2008

As manifestações

D.Sebastião virá...

Em primeiro lugar gostaria de dizer que ainda não tive uma única positiva em exame.
As manifestações de estudantes são uma coisa que me causa um certo desconforto, principalmente quando nos distribuem aqueles folhetos com as razões e o propósito da MANIF.
Na generalidade destes folhetos aparecem sempre pelo menos três pontos que, na opinião deles, provavelmente fundamentais:

1.Fim aos exames nacionais.
Este ponto é justificado pela seguinte observação "Não nos podem avaliar três anos em duas horas de exame". ERRADO!, não podem porquê? Se o exame tem de facto a matéria lecionada nesses três anos, acho muito bem que se faça o exame. Como pode o Ministério da Educação verificar se o aluno realmente sabe a matéria lecionada se não forem feitos exames a nível nacional? Será que se pode confiar na honestidade dos docentes? Eu não confio...

2.Fim da nota mínima de 9.5 valores para o acesso ao ensino superior.
Discordo pelos motivos referidos acima, iamos todos para a universidade com favores dos professores, se realmente sabemos a matéria não há de custar muito fazer um examezinho de 90 minutos.

3.Educação Sexual na escola.
Na nossa escola existe lá uma salinha própria para tirar-mos as nossas dúvidas, é absurdo ocupar o calendário dos alunos com uma disciplina ridicula como esta.

Deixem-se mas é de manifestações e estudem!

6 comentários:

Anónimo disse...

Eu tambem nao concordo com os exames, porque nao nos podem avaliar em 2horas o que demos em 2 ou 3 ANOS, que se fores ver sao um pouco mais horas do que 2... E em relaçao ao fim da nota minima de exame para entrar na faculdade tambem acho que devia acabar, ate acho que nao devia haver medias de entrada para os cursos, em frança nao ha media de entrada e corre tudo bem... quem nao sabe, assim que chega ao primeiro ano do curso chumba, ate porque ha disciplinas como por exemplo o portugues, area de projecto, TIC, que nao interessam a um gajo que quer ir por exemplo para um curso na area de biologio/geologia ou f.q.. e o pessoal que se preocupa com estas coisas e querem que as mesmas mudem, estuda. imagina que um gordo que nao percebe nada de computadores, nem de geologia nem de portugues mas e bom a f.q e a biologia quer ir para um curso tipo medicina ou o que for? NAO VAI.
ate porque os exames sao mal feitos como a merda! como e que e possivel gajos que tem um ano para fazer um exame, e depois do exame tar feito ainda outros veem o exame, e mesmo assim existem la perguntas mal feitas?!

ok?

rconde disse...

Isso é um bocado estúpido Sr.Anónimo.
Eu também acho que há disciplinas nos cursos gerais do secundário que não servem para nada, e por isso é que acho que se devia acabar com essas disciplinas. Os exames são necessários para regular o fluxo dos alunos e as médias essenciais para acabar com o desemprego. Além disso a maioria das médias existentes para determinado curso são feitas através do último colocado no curso. O que fazemos então? acabamos com as vagas na faculdade?
Isso é que era valente!

Anónimo disse...

para regular o fluxo dos alunos?
as medias sao essenciais em que para acabar com o desemprego?
nao percebi...

rconde disse...

Imagina a quantidade de alunos que entraria para a faculdade se não houvesse exames nem médias.
Não haveria vagas suficientes para arrecadar tantos alunos e provavelmente dentro de pouco tempo teriamos engenheiros e Srs.Dts a comer à pala do fundo de desemprego.

rconde disse...

Além disso precisamos de pessoal para fazer o trabalho que os imigrantes fazem, não é a meter todo o pessoal licenciado que se vai conseguir isso, vai ter de ficar sempre alguém pelo caminho.
É injusto eu sei, mas quem disse que o mundo era justo?

vanessa disse...

olha, eu amo vos todos!